A coerência em meio à turbulência

Iniciada em 1998, foi realizada, neste domingo, na Praça Campo de Bagatelle, em São Paulo, a 19ª edição do 1º de Maio da Força Sindical, uma das maiores comemorações do Dia Internacional do Trabalho de todo o mundo.

Com o lema “Gerar empregos e garantir direitos” desejamos, neste 1º de Maio, além de consolidar e ampliar nossas conquistas, obtidas com muita luta ao longo dos anos, deixar um recado bastante objetivo para o governo: “Nós, trabalhadores brasileiros, somos protagonistas, e não coadjuvantes, do desenvolvimento e do crescimento nacional, e não vamos, sob qualquer hipótese, permitir que, para corrigir seus próprios erros e toda a sua incompetência, o governo venha a nos penalizar com a perda de direitos”.

Assim, milhares de trabalhadores e seus familiares compareceram ao evento e, além de assistir aos shows de grandes nomes da nossa música, e participar dos sorteios de dezenove automóveis HB20, 0 km, da Hyundai, uniram suas vozes, no ato político, às vozes de importantes representantes do movimento sindical brasileiro e de políticos engajados na nossa luta por um Brasil melhor, mais justo socialmente e igualitário, com emprego e renda, e pela retomada do desenvolvimento do País.

Juros mais baixos, a correção da tabela do Imposto de Renda, a garantia dos direitos e dos empregos (o Brasil conta, hoje, com perto de onze milhões de trabalhadores desempregados), a valorização dos aposentados, a igualdade de oportunidades entre homens e mulheres e não à retirada de direitos na reforma da Previdência, como deseja fazer, a qualquer custo, o atual e combalido governo brasileiro, que se vê temeroso e acuado por seus constantes equívocos na condução do País, foram outras bandeiras levantadas por todos os participantes do evento.

Sucesso absoluto, a festa dos trabalhadores da Força Sindical representou uma lição de cidadania em meio à nefasta crise econômica, política e moral pela qual vimos atravessando nos últimos tempos. Um brado de coerência em meio ao turbulento momento do País!