Solidariedade/RJ investe em planejamento e comunicação para aumentar número de representantes nas eleições municipais

A pandemia causada pelo Covid-19 não parou o trabalho do Solidariedade/RJ, que segue sua preparação para aumentar o número de representantes nas cidades do estado. O partido planeja vencer entre 15 e 18 prefeituras e, pelo menos, manter os 108 vereadores.

Para conseguir esse objetivo, a legenda irá lançar mais de 40 candidatos para a eleição majoritária e cerca de mil a vereadores nos municípios cariocas. Esse planejamento vem em conjunto com uma intensa formação dos pré-candidatos.

“Nós fazemos reuniões toda terça, quinta e sexta com nossos pré-candidatos do interior e da baixada fluminense e, promovemos encontros virtuais de 15 em 15 dias com os presidentes municipais”, explicou o presidente estadual e deputado federal, Aureo Ribeiro.

A Pandemia do novo coronavírus também mudou a forma de organizar as estratégias para as eleições. Ao invés dos tradicionais encontros presenciais, o Solidariedade/RJ vem utilizando aplicativos que permitem reuniões virtuais para discutir os principais pontos.

“A forma de fazer campanha mudou bastante desde 2018 e está mais acentuada por conta da pandemia. Quem não tiver planejamento e uma boa comunicação, terá mais dificuldade em se adaptar às mudanças. Por isso, o tempo poderá ser seu maior amigo ou inimigo. Conquiste para ser seu maior amigo.”, afirmou o presidente.