Solidariedade/PI planeja dobrar número de vereadores e prefeitos após eleições

O Solidariedade/PI trabalha com grandes planos para as eleições municipais. O partido planeja dobrar o número de prefeitos e de vereadores em todas as regiões do estado. A expectativa é de eleger 07 comandantes nos municípios, 08 vice-prefeitos e cerca de 60 representantes nas Câmaras (3 na capital).

Para atingir essa meta, a legenda vem realizando um trabalho de estruturação consistente com a criação de 67 comissões provisórias. O presidente estadual, Evaldo Gomes da Silva, se mostrou otimista com a organização. “Estamos felizes com nosso crescimento. Mesmo com algumas dificuldades estamos no caminho certo e os movimentos do partido, Mulheres, Juventude e Sindical, estão muito organizados. Não nos reunimos só em ano de eleição”, afirmou.

A pandemia do Coronavírus dificultou na construção de diretórios. Porém, esse problema está sendo enfrentado com o uso da tecnologia, que está sendo uma parceira na estruturação das campanhas.

“Estamos dialogando por meio das redes sociais e de teleconferências com todos os nossos dirigentes estaduais, municipais e com pré-candidatos. Nosso objetivo é levar o otimismo mesmo em tempo de pandemia. As estratégias eleitorais são um dos principais temas que estamos adotando”, disse o presidente.

Evaldo finaliza afirmando que o partido apoiará todos os pré-candidatos na estruturação de suas campanhas para essa eleição. “Todos os pré-candidatos da capital e do interior terão total apoio conforme a lei eleitoral. O planejamento que fizemos neste um ano nos ajudará a ter um apoio logístico para cada um dos nossos pré-candidatos”, afirmou.