Solidariedade/MT aposta na organização para conseguir êxito nas eleições de 2020

O Solidariedade/MT se prepara para as eleições municipais desse ano aspirando um crescimento em todo estado. O partido projeta eleger 10 prefeitos e mais de 100 vereadores em todas as regiões do Mato Grosso. “Nós temos 6 anos de existência e montamos uma estrutura significativa, contamos com 7 prefeitos, 5 vices e 87 vereadores em todo estado, além de 15 mil filiados. Agora, o nosso propósito é manter esse crescimento”, afirmou o presidente estadual e prefeito de Rondonópolis, Zé Carlos do Pátio.

Para alcançar o objetivo, o Solidariedade conta com a capacidade de organização e de abrangência de diversos setores da sociedade, que tem levado as bandeiras e diretrizes do partido para um grande número de pessoas.

“Nós teremos uma proposta boa, com um plano de governo bom. Somos uma legenda eclética, formada por trabalhadores e empresários e contamos com a participação de líderes de diversos setores da sociedade. Nossa origem são os trabalhadores e os movimentos sociais, mas abrangemos pessoas de diversas áreas”, explicou Zé Carlos.

Outra característica importante do diretório estadual mato-grossense é permitir a participação dos filiados e pré-candidatos na construção do plano de governo, levando as demandas locais e deliberando as ações que serão tomadas.

“O Solidariedade agrega e queremos construir um plano de governo que engloba os 141 municípios, com o intuito de melhorar a qualidade de vida da nossa população e fortalecer cada vez mais o partido no Mato Grosso”, afirmou o presidente.

A chegada da pandemia trouxe o problema do isolamento social e, com isso, dificultou a organização da legenda. Porém, o partido driblou esse obstáculo com o uso da tecnologia, que tem utilizado os sistemas disponibilizados pelo TSE e realizado reuniões por meio de videoconferência como Zoom, Teams, ligações convencionais e Whatsapp.