Solidariedade integra a maior coligação da história de Pernambuco

Com o apoio do Solidariedade e do Democratas em Pernambuco, nesta segunda-feira (5/5), subiu para 20 o número de partidos que estão no palanque da Frente Popular, composto pelos pré-candidatos Paulo Câmara (governador), Raul Henry (vice) e Fernando Bezerra Coelho (senador). O ato foi realizado no Mar Hotel, em Boa Viagem. Presidente estadual do Solidariedade, o deputado federal Augusto Coutinho explicou as razões de apoiar o socialista Paulo Câmara ao Governo do Estado. Segundo ele, uma decisão que “não foi tomada dentro dos gabinetes”, mas dialogando com as bases do partido.

“Soubemos ser oposição, com responsabilidade e honestidade, quando os eleitores lá nos colocaram. Hoje saberemos apoiar um candidato de mãos limpas e que vai dar continuidade a um projeto que está melhorando Pernambuco”, disse Augusto Coutinho. O parlamentar destacou ainda que o “oportunismo eleitoral não está acima de tudo”, e que tanto ele quanto Mendonça Filho (presidente do Democratas em Pernambuco e que também aderiu à aliança) souberam ser oposição por todos esses anos, mas que agora acreditam que Paulo Câmara tem condições de dar continuidade ao crescimento do Estado, iniciado pelo ex-governador e atual senador, Jarbas Vasconcelos, e continuado pelo ex-governador Eduardo Campos, atual candidato à Presidência da República. “Vamos nos integrara esse projeto por Pernambuco. Nenhuma dificuldade temos de dizer e caminhar nisso”, enfatizou Coutinho, chamando a todos para estarem juntos contra “um governo desavergonhado, que está fazendo do Brasil um País dividido. Dividido o dinheiro com alguns companheiros, entre eles comparsas”, disparou o líder do Solidariedade no Estado”, numa referência à administração federal do PT, alvo constante de críticas por parte do dirigente pernambucano.

Paulo Câmara exaltou a forte base partidária que terá na campanha. “A gente está formando hoje a maior frente de partidos para o Governo e para o Senado. (…) Nós temos que fazer política com responsabilidade. Vamos governar Pernambuco ouvindo todo mundo. (…) Para mim é fundamental saber que tenho o apoio de uma ampla frente de partidos”, disse o pré-candidato. O evento contou com a presença de diversas lideranças políticas. Entre elas, prefeitos e parlamentares de diversas partes do Estado, que lotaram o Salão Mauro Mota, local do evento.

Fonte: site do Solidariedade-PE.