Solidariedade/BA disputará as eleições municipais em 300 cidades

O Solidariedade/BA realiza um trabalho de base intenso para lançar mais de 500 pré-candidatos a vereador em, pelo menos, 300 cidades em todas as regiões do estado. Já para o executivo, o objetivo é disputar cerca de 40 prefeituras, um número que ainda pode crescer até a realização das convenções.

É com esse cenário que o diretório estadual trabalha para manter o ritmo de crescimento no estado. Nem mesmo a crise provocada pela pandemia do Coronavírus diminuiu a intensidade dos trabalhos, já que, aparentemente, não haverá nenhuma modificação nas datas estipuladas pela justiça eleitoral.

“Estamos trabalhando dentro do calendário eleitoral estabelecido pelo TSE. Mesmo com a pandemia, o Solidariedade/BA não tem medido esforços para a preparação do pleito que se avizinha”, afirmou o presidente estadual do partido, Luciano Araújo.

O dirigente da sigla na Bahia enfatizou a importância de se pensar em soluções conciliadoras para todos os pré-candidatos, em um momento de conflito de ideias. “Mais do que nunca a política deve ser realizada com o diálogo, evitando polarizações e conflitos que não contribuem para a união tão necessária”, avaliou.

Luciano também destacou que os representantes do partido deverão se adaptar as mudanças que a sociedade enfrentará, sempre pensando no bem-estar das pessoas e da sociedade.

“Os novos governantes e parlamentares precisarão estar antenados com a necessidade de políticas públicas adequadas a esses novos tempos. Já os nossos pré-candidatos precisam buscar propostas de políticas públicas em nível social e que criem condições para um mundo com melhor qualidade de vida para todos”.