Relatório de Francischini destina R$ 102 milhões para Polícia Federal

Graças à atuação do deputado Delegado Francischini (PR), a emissão de passaportes pela Polícia Federal poderá ser retomada em breve. Ele foi o relator na Comissão Mista de Orçamento do projeto que destina mais de R$ 102 milhões à corporação, para viabilizar a produção do documento, o controle do tráfego internacional e o registro de estrangeiros.

De acordo com a PF, a emissão de passaportes foi suspensa no dia 27 de junho por falta de verba. Agora, o orçamento será reforçado com recursos financiados pelo Tesouro Nacional. “Mais de 100 mil pessoas programaram com antecedência suas férias, reuniões de trabalho, visita a familiares e até mesmo viagens para tratar da saúde e foram afetadas”, lamenta o deputado Francischini.

Segundo ele, a expectativa é de que o projeto seja aprovado o mais rápido possível. A matéria precisa ainda passar pelo plenário do Congresso e depois ser sancionada pelo presidente da República. A partir daí a Polícia Federal deve voltar a emitir os passaportes.