Redução de alíquota assegura empregos de Call Center e TI

A comissão mista do Congresso Nacional que analisa a Medida Provisória 774/17, que acaba com a desoneração da folha de pagamento para alguns setores, acatou emenda de Benjamin Maranhão (Solidariedade) que garante alíquota menor para empresas de Call Center e Tecnologia da Informação (TI). A votação do parecer será dia 27 de junho.

A proposta era para que essas empresas voltassem a contribuir pela folha de pagamento, com alíquota de 20%, a partir de 1º de julho. “Essa medida ameaçava cerca de 13 mil empregos só no setor de Call Center em João Pessoa e Campina Grande. Graças a um trabalho de convencimento, conseguimos reverter essa proposta”, comentou.