O Solidariedade homenageia Arthur Maia, líder do partido em 2015

O atual líder do Solidariedade na Câmara, Genecias Noronha, homenageou, nesta quarta-feira (1), o deputado Arthur Maia, que foi líder durante o ano de 2015.  Genecias relembrou a atuação do colega à frente da Liderança. “Maia foi extremamente relevante. Criou um ritmo de trabalho muito eficiente, seus feitos foram significativos para a construção do partido”.
Maia foi um dos fundadores do Solidariedade na Bahia, mas deixou o partido em 2016. O deputado Benjamin Maranhão afirmou que a homenagem é merecida. “Genecias foi muito justo em colocar a placa de Maia como líder, por seu trabalho e suas realizações. ”
Representando o Rio de Janeiro, o deputado Aureo lembra que Maia foi designado relator da Comissão Especial da Reforma da Previdência.  “O crescimento do partido é continuo e é tempo de diálogo. Nossa bancada está muito preocupada com essa questão. É um desafio para o futuro. Maia fortifica nossa representação, especialmente por sua imensa contribuição para o Solidariedade”.
Maia agradeceu a homenagem e garante que o diálogo continua. “Nós passamos o bastão da melhor forma possível. A continuação dos trabalhos e o diálogo que temos refletem o crescimento que tivemos aqui.  As práticas se renovam, liderar o partido no parlamento foi engrandecedor. Sempre serei um admirador do Solidariedade”.
Maia também criticou os ataques feitos à Câmara dos Deputados. “Esta Casa foi fechada em regimes de exceção, em ditaduras. Nós nunca nos submetemos, nunca nos calamos. Representamos o povo brasileiro, por isso temos que erguer a cabeça. Nós sempre lutamos pela melhoria do País”
Lucas Vergilio, eleito deputado federal mais jovem da história de Goiás, relembra os ensinamentos de Maia em seu primeiro mandato. “Maia sempre teve um simbolismo muito grande, foi um excelente professor e conduziu a Liderança de uma forma exímia. Sempre serei grato a ele”, afirmou.