Módulo II do Lidera+ aborda construção de uma candidatura de sucesso

Para quem acha que o final de semana é só para curtir, está enganado. Para as participantes do Lidera+ foi dia de estudar para alcançar os seus objetivos. No sábado (14) e domingo (15), o módulo II do curso de formação política de mulheres trouxe muitas novidades e ferramentas essenciais para uma campanha de sucesso.

Promovido pela Secretaria Nacional da Mulher do Solidariedade e pela Fundação 1º de Maio, o Lidera+ teve como destaques palestras e oficinas com especialistas da área de política e comunicação.

“Organizamos um módulo tão proveitoso quanto o anterior para que todas as presentes aqui saiam preparadas para a campanha do próximo ano”, afirmou a presidente da Fundação 1º de Maio, Samanta Costa.

O secretário-geral nacional do Solidariedade, Luiz Adriano, discorreu sobre a importância de já começar a trabalhar a pré-campanha. “Para estar na frente é necessário começar a pré-campanha o mais rápido possível. Os concorrentes já estão fazendo isso. A disputa está cada vez mais acirrada e não podemos esperar o próximo ano para começar a trabalhar. Agora não tem mais volta. A pré-campanha já começou. É daqui para a vitória”, ressaltou Luiz Adriano.

“É uma satisfação ver tantas mulheres interessadas em participar da política. O Solidariedade é o primeiro partido a realizar um curso para preparar lideranças femininas para as próximas eleições”, declarou o deputado federal e presidente nacional do Solidariedade, Paulinho da Força, que fez questão de estar presente no curso para cumprimentar as participantes do Lidera+.

O módulo II contou com convidados especiais, como a coach de comunicação, Thaís Alves, que falou sobre o comportamento feminino na política e deu dicas importantes sobre o tema. Logo depois, foi a vez do publicitário e especialista em poder legislativo e administração pública, Glauco Rojas, que explicou sobre a necessidade de escolher a persona certa e como fazer uma boa storytelling.

O deputado estadual, presidente do Solidariedade/RN e secretário de Organização do partido, Kelps Lima, e o jornalista, Washington Rodrigues, falaram da infraestrutura para disputar as eleições.

A programação foi bastante extensa, mas as participantes demonstraram compromisso e bastante interesse no conteúdo. “É um aprendizado essencial para nós que queremos fazer a diferença nas eleições. As mulheres não podem apenas ser mais uma no mar de candidatos. Elas precisam ter diferencial. É isso que nos fará ser eleitas, no meu caso, reeleita. O Lidera+ está nos ajudando neste objetivo”, afirmou a vereadora de Trindade (Goiás), Aninha Carvalho.

No período da tarde do sábado, o consultor da Fundação 1º de Maio, Claudio Prado, explicou sobre a construção de um projeto eleitoral de sucesso e desenvolveu a atividade em grupo de análise de SWOT ou Fofa (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças).

A diversidade nos temas abordados e nas atividades propostas agradou às participantes. “Aqui no Lidera+ temos o conteúdo necessário para prepararmos uma campanha vitoriosa. Era isso que faltava para nós mulheres de todo Brasil que desejam representar a sua comunidade e defender uma causa”, disse Vanessa Ferreira, que é de Boa Vista (Roraima).

O membro do Conselho Curador da Fundação 1º de Maio, Diogo Telles, desenvolveu a oficina sobre o cronograma eleitoral e explicou sobre a sua importância para uma campanha de sucesso.

Já no domingo, as participantes aprenderam sobre legislação e quociente eleitoral com a advogada e consultora da Fundação 1º de Maio, Dra. Denise Neri, e sobre planejamento de comunicação nas redes sociais, com a jornalista e coordenadora de Comunicação do Solidariedade, Edna Viana.

A líder comunitária da zona Sul de São Paulo, Ivanete Antonia Costa, conhecida como Colega, também aprova a formação política para as mulheres. “Já fui candidata algumas vezes, mas, infelizmente, não fui eleita. Na época, eu fazia o que eu achava que era certo, mas agora com o curso do Lidera+ farei uma campanha mais eficiente do jeito que realmente deve ser e vou conquistar o meu espaço na política”, disse confiante.

O curso foi finalizado com a dinâmica sobre ambiente partidário com o ator Renato Scarpin.

O próximo módulo do Lidera+ acontecerá no mês de outubro e o foco será formação de rede de apoio.

Confira as fotos no link: http://www.solidariedade.org.br/liderafotos/