Dia Mundial da Alimentação: Conheça os projetos do Solidariedade

O Dia Mundial da Alimentação é celebrado em 16 de outubro. A data, além de chamar a atenção da população mundial para a importância de uma alimentação saudável, também serve para debater os problemas enfrentados no mundo todo por aqueles que ainda sofrem com a fome.

A bancada do Solidariedade também se preocupa com a qualidade daquilo que chega à mesa dos brasileiros. O deputado Aureo, por exemplo, apresentou projeto de lei que garante aos consumidores acesso às informações sobre a tabela nutricional dos alimentos. É dele também a proposta para reduzir a quantidade de gordura trans nos produtos industrializados. Já o deputado Zé Silva propõe que sejam incluídos verduras e frutas orgânicas na alimentação escolar.

Os parlamentares entendem que, com mais informações nos rótulos dos produtos, o consumidor pode fazer suas escolhas de forma consciente. E que incentivar o consumo de alimentos orgânicos nas escolas, além de beneficiar a saúde dos estudantes ao consumir alimentos frescos, incentiva também os produtores locais.

O deputado Laércio Oliveira, um dos interlocutores do partido nas discussões sobre Reforma Tributária na Câmara, defende a isenção de tributos para toda a cadeia alimentar. Segundo o parlamentar, um estudo da FIESP revelou que, quanto menor a renda, maior o peso da alimentação no orçamento das famílias brasileiras.

Confira aqui os projetos de lei da nossa bancada sobre o assunto:

PL 7719/2017 (Aureo) – Reduz e limita a quantidade de gordura trans nos alimentos industrializados.

PL 5674/2013 (Aureo) – Obriga estabelecimentos comerciais a destacarem no cardápio o valor calórico dos alimentos e os riscos de obesidade.

PL 610/2015 (Zé Silva) – Inclui alimentos orgânicos na alimentação escolar.