Deputado Mainha sugere que vice-líderes usem mais o tempo que lhes é destinado na tribuna

O vice-líder do Solidariedade, deputado Mainha (PI), ocupou a tribuna da Câmara dos Deputados, na última quinta-feira (17), para sugerir que se encerre a discussão do projeto de resolução apresentado com o propósito de proibir que os vice-líderes falem em nome dos líderes partidários durante as sessões do Plenário.

Mainha considera ideal a atual formatação, definida no Regimento Interno da Câmara dos Deputados, de colocar os vice-líderes representando as Lideranças. “É uma oportunidade dada a cada parlamentar que está aqui, de poder usar esta tribuna e falar em nome do povo que representa. Esses discursos são feitos para mostrar às bases dos nossos estados as nossas opiniões”, defendeu.

Após conversar com diversos deputados, o parlamentar deixou como sugestão que se encerre essa discussão e não se mexa mais nas regras, “muita gente pode entender como não democráticas”, a fim de permitir que os vice-líderes continuem usando o tempo que é destinado à Liderança. “Essa é a sugestão que eu queria deixar em nome de vários parlamentares que aqui conversamos. Acho que, dessa forma, encerra-se mais uma polêmica. Entendo que esta Casa já tem muita polêmica e muitos assuntos mais relevantes a serem discutidos”, disse Mainha.

Na avaliação do deputado, deve-se prevalecer o bom senso em dosar os discursos com os trabalhos legislativos, mas pondo um ponto final no projeto de resolução que pretende mudar as regras atuais.

Fonte: assessoria de imprensa – deputado Mainha