Deputado Ezequiel Teixeira apresenta requerimento para ouvir Lula e Stédile

O deputado federal Ezequiel Teixeira do Solidariedade/RJ, que é membro titular da Comissão de Direitos Humanos, apresentou requerimentos nesta quarta-feira (11/03) para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o líder do Movimento dos Sem Terra (MST), João Pedro Stédile, prestem esclarecimentos na Câmara dos Deputados sobre o que o parlamentar afirma ser uma “infeliz declaração que incita a guerra civil no Brasil”.

No final de fevereiro, durante um ato organizado por movimentos sociais e a Federação Única dos Petroleiros (FUP), Lula declarou: “Nós sabemos brigar. Sobretudo quando o Stédile colocar o exército dele nas ruas”. O evento, supostamente em defesa da Petrobras, foi realizado no auditório da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), no centro do Rio de Janeiro.

Para Ezequiel Teixeira, a atitude do ex-presidente é uma ameaça à segurança nacional e à soberania do Brasil. “Somente as Forças Armadas, composta pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, compete a defesa da pátria, conforme o artigo 142 da nossa Constituição”, diz o deputado. Na justificativa do pedido para ouvir Lula e Stédile, o deputado argumenta: “Estamos vivenciando um momento de grave crise política e social. Saber que existe um exército paralelo e perigoso à disposição de grupos políticos gera risco à ordem nacional”.