Elizeu Dionizio busca recursos para setor habitacional e construção de sede da Emha

Com objetivo de viabilizar maior oferta de casas populares em Mato Grosso do Sul e obter recursos para construção da sede própria da Agência Municipal de Habitação de Campo Grande (Emha), o deputado federal Elizeu Dionizio do Solidariedade vai conversar com a presidente da Caixa Econômica Federal, Miriam Belchior, e com o Ministro  das Cidades, Gilberto Kassab.

O compromisso foi firmado ontem em 25/02 com o Diretor-Presidente da Emha, Enéas Netto; o diretor de Habitação e Programas Urbanos da Agência, Rodrigo Giansante; e o vereador de Campo Grande, Delei Pinheiro (PSD), em reunião no gabinete do parlamentar.

Na reunião, Enéas Netto enfatizou que existe uma grande demanda em Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, por casas que atendam a população de baixa renda, por isso a necessidade de que sejam viabilizados recursos federais para construção de moradias.

A Emha tem como função proporcionar habitação com qualidade para zerar o déficit habitacional, contribuindo para o equilíbrio e desenvolvimento socioeconômico com qualidade de vida.

Em Campo Grande, este déficit chega a 28 mil moradias para famílias que ganham até três salários mínimos e no Estado a demanda está entre 70 mil a 80 mil casas, de acordo com dados do Governo estadual.

No ano passado, a prefeitura de Campo Grande entregou 3.176 habitações em Campo Grande e  mais 2.030 estão em fase de conclusão. Para este ano, estão sendo viabilizados projetos para a construção de mais três mil unidades. A proposta é ampliar este número.

Após receber esta demanda, o parlamentar sul-mato-grossense enfatizou que “vou na Caixa e no Ministério das Cidades, dois órgãos que dispõem de  recursos e podem viabilizar os projetos apresentados pelo Enéas (diretor-presidente da Emha). Também minha meta é viabilizar dinheiro federal para construir a sede da Agência, que é referência no setor habitacional para todos os campo-grandenses. É um absurdo ainda a Emha não ter um prédio próprio. Quem da casa, tem que ter casa!!”.