Sindicato dos Aposentados exige do governo calendário de vacinação

É louvável a atitude do Sindicato Nacional dos Aposentados por entrar na Justiça cobrando do governo federal um calendário oficial de vacinação contra a Covid-19. É primordial que todas as pessoas com mais de 60 anos sejam imunizadas o mais breve possível.

Pela iniciativa do Sindicato, a imprensa passou a repercutir o caso por conta da grande importância que é a saúde dos nossos idosos. No Brasil, a taxa de mortalidade pelo novo coronavírus em pessoas com mais de 60 anos ultrapassa 73%.

Inicialmente, o governo havia divulgado que idosos acima de 75 seriam vacinados a partir de 8 de fevereiro, mas agora a data foi adiada para 23 de março, e nem sabemos se ela irá se manter.

Os idosos não podem ficar à deriva, sem saber quais procedimentos devem adotar e quando poderão ir aos Postos de Saúde para receberem a primeira dose da vacina.

Toda a população tem direito à vacinação, mas, neste primeiro momento, em que não há doses para todos, precisamos vacinar os mais vulneráveis, e os idosos são prioridade.

Por isso, ao lado do Sindicato Nacional dos Aposentados, o Solidariedade defende que sejam esclarecidas as dúvidas da população com relação aos critérios para a prioridade de imunização e que haja um calendário de vacinação que beneficie prioritariamente todas as pessoas com mais de 60 anos.

 

Veja a repercussão da ação na imprensa

https://www.atribuna.com.br/cidades/sindicato-dos-aposentados-entra-na-justi%C3%A7a-para-cobrar-vacina%C3%A7%C3%A3o-contra-covid-19-1.139088

https://globoplay.globo.com/v/9194651/?s=0s