Suspeito nega ter usado verba da Rouanet em casamento, diz advogado – G1

O advogado do empresário Felipe Amorim, preso em 28 de junho na Operação Boca Livre da Polícia Federal por suspeita de desvio de recursos da Lei Rouanet, disse que seu cliente nega ter bancado a festa de casamento com verba do Ministério da Cultura.

“Não sei de onde tiraram que foi pago com dinheiro da Lei Rouanet. Contestamos veementemente esses valores”, disse ao G1 Luis Carlos Dias Torres. Ele acrescentou que quem pagou os custos do casamento foi a família da noiva.

Continue lendo