Pela 3ª vez, ministro do TCU pede para incluir Dilma no caso de Pasadena

O ministro-subsituto do TCU (Tribunal de Contas da União) André Luiz de Carvalho pediu, pela terceira vez desde 2014, para que o Tribunal inclua os representantes do Conselho de Administração da Petrobras entre os responsáveis pelos prejuízos apontados pelo órgão na aquisição da Refinaria de Pasadena. Entre os conselheiros da Petrobras no período da aquisição da refinaria está a presidente Dilma Rousseff.

Continue lendo