Governo aprova prorrogação de dívidas para produtores rurais que tiveram a atividade prejudicada pela Covid – G1

O Conselho Monetário Nacional (CMN) publicou no “Diário Oficial da União” desta segunda-feira (3) a prorrogação do prazo de vencimento de financiamentos de crédito rural para atividades agropecuárias que foram prejudicadas pela Covid-19.

De acordo com o CMN, as operações de crédito rural de custeio e investimento que venceriam em 15 de agosto foram prorrogadas para 15 de dezembro.

Outra medida envolve o aumento no prazo para produtores rurais afetados pela estiagem em municípios que tiveram calamidade pública decretada e reconhecida pelo governo estadual no período entre 20 de dezembro de 2019 e 30 de junho de 2020.

Também foi aprovada a elevação dos limites de crédito de industrialização para agroindústria familiar, no âmbito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

Ciclone bomba

De acordo com o Ministério da Agricultura, o CMN também autorizou a redução da taxa de juros para agricultores prejudicados pela passagem do ciclone bomba no Sul no fim de junho.

No caso de quem foi prejudicado pelo ciclone, o CMN deu autorização aos agentes financeiros para que os agricultores familiares enquadrados no Pronaf possam acessar o crédito de custeio e investimento com as taxas de juros mais baixas aplicadas ao programa (2,75% a.a.).

Continue lendo