Confiança do comércio sobe pelo 3º mês seguido, mas segue longe do patamar pré-pandemia – G1

A confiança do comércio voltou a crescer em julho, registrando o terceiro mês seguido de alta, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (27) pela Fundação Getulio Vargas (FGV). A recuperação, no entanto, perdeu intensidade: subiu apenas 1,7 ponto na comparação com o mês anterior, após ganhar 17 pontos na passagem de maio para junho.

Além disso, a confiança do setor segue distante do patamar de antes da pandemia da Covid-19: em fevereiro, o indicador chegou a 99,8 pontos.

“Ainda é preciso cautela na interpretação do resultado, considerando que houve recuperação de apenas 65% do que foi perdido no início da pandemia. Para os próximos meses, persiste o cenário de elevada incerteza e de fragilidade no mercado de trabalho, sugerindo dificuldades na recuperação total do setor“, avalia em nota Rodolpho Tobler, Coordenador da Sondagem do Comércio da FGV Ibre.

O resultado de julho foi influenciado por mais uma alta do indicador que mede a percepção com o momento presente e acomodação do indicador de expectativas, que tinha avançado mais no último mês.

O Índice de Situação Atual (ISA-COM) avançou 6,4 pontos, para 88,4 pontos, recuperando 83% do que foi perdido desde o início da pandemia. Já o Índice de Expectativas (IECOM) recuou 3,0 pontos para 84,5 pontos e hoje ainda se encontra 22,5 pontos abaixo do dado de fevereiro desse ano.

Continue lendo