CCJ aprova parecer pela cassação do mandato de Delcídio – Veja

Em sessão extraordinária, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou a constitucionalidade do processo que recomendou a cassação do mandato do ex-líder do governo Delcídio do Amaral (ex-PT-MS). Preso em 25 de novembro por ordem do Supremo Tribunal Federal (STF), Delcídio foi formalmente acusado de atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato ao tentar comprar o silêncio de uma testemunha crucial: o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, que sabe como poucos como funcionou o processo de aparelhamento político na petroleira e de distribuição de propina a políticos do PT, PMDB e PP.

Com a constitucionalidade atestada pela CCJ, o mérito do processo de perda de mandato de Delcídio está pautado em plenário para esta terça-feira. A articulação de senadores como Renan Calheiros (PMDB-AL) e Romero Jucá (PMDB-RR) é para que o ex-petista seja banido o mais rápido possível. Renan e Jucá foram citados como destinatários de propina no acordo de delação premiada celebrado pelo próprio Delcídio.

Continue lendo