Após críticas, governo federal recua e abandona ideia de ressuscitar a CPMF

A presidente Dilma Rousseff desistiu de propor a criação de um imposto sobre transações financeiras nos moldes da antiga CPMF três dias depois de o governo apresentar a ideia como essencial para cobrir um rombo de R$ 80 bilhões no orçamento do próximo ano.

 

 

Continue lendo