Começa a discussão sobre as Câmaras Setoriais

Logo após o governo ter manifestado sua intenção de recuperar a ideia das Câmaras Setoriais, mecanismo utilizado no início dos anos 90 para combater os efeitos da crise econômica, as centrais demonstraram seu total apoio à iniciativa – aliás, uma reivindicação que nunca saiu da pauta do movimento sindical, pois entendemos que recriar o que já havia dado certo não é demérito algum. Demérito é querer promover um ajuste econômico à custa da perda de direitos.

É por este motivo que as centrais estarão reunidas nesta 3ª feira, 20, com representantes do governo para discutir a formatação e a forma como o processo das Câmaras Setoriais deverá ser apresentado.

As Câmaras, como o próprio nome diz, são um mecanismo que reúne representantes dos trabalhadores e do empresariado de um setor específico de atividade, como o automobilístico e sua cadeia produtiva ou o da construção civil, por exemplo, para, juntos com representantes do governo, discutirem propostas para fomentar o emprego e para que o País volte a crescer.

Mas que ninguém pense que, mesmo apoiando a reabertura das Câmaras Setoriais, as centrais vão esmorecer e deixar que um resultado conservador seja o produto do nosso esforço, trazendo mais decepções aos trabalhadores quando temos tudo nas mãos para que dê certo.

E nossa luta pela manutenção e ampliação dos direitos continua!