As doenças relacionadas ao trabalho e a Saúde dos Trabalhadores

Nas últimas décadas aconteceram importantes transformações no mundo do trabalho, relacionadas principalmente à incorporação de novas tecnologias.

Mesmo assim, o número de acidentes e doenças no trabalho é muito alto!

Segundo a OIT, as doenças relacionadas ao trabalho são responsáveis por cerca de 2,02 milhões de mortes e por 160 milhões de novos casos de adoecimentos relacionados ao trabalho por ano no mundo.

No Brasil a situação não é melhor. Quando falamos do setor do vestuário, temos que destacar que em cada 10 afastamentos do trabalho, 07 são por problemas causados diretamente por equipamentos inadequados.

Em época de Copa do Mundo não podemos deixar de demonstrar nossa indignação!

Repudiamos a declaração dos últimos dias, na qual um famoso ex-jogador, conhecido no mundo todo, banaliza as vidas perdidas em decorrência de acidentes de trabalho nas obras da Copa do Mundo de 2014, a realizar-se no Brasil. Ao classificar a morte de um operário como “normal, coisas da vida, nada que assuste”, o ex-jogador, além de ofender as famílias em luto, fere o direito pelo qual a classe trabalhadora vem lutando, para legitimar: a garantia da vida, da saúde e da segurança do trabalhador.

É necessário um esforço conjunto para não desqualificar o ocorrido e reduzir a zero o número de acidentes, que é o mínimo que defendemos. Como embaixador da Copa do Mundo no Brasil, evento de grande magnitude, e pessoa pública de grande influência, este cidadão presta um desserviço ao trabalho desenvolvido pela promoção da saúde e segurança laboral por diversas entidades e órgãos públicos no país e em todo o mundo.

Nossa luta vai continuar!

Nossa indignação também!