Solidariedade-RR trabalha para ter maior bancada da Assembleia Legislativa do estado

Desde que assumiu a presidência do Solidariedade em Roraima, em março de 2016, o deputado estadual Jalser Renier Padilha tem trabalhado pelo crescimento do partido, ordenando, reorganizando e reconstruindo a legenda na capital Boa Vista e nos demais municípios. A ideia é que em dois anos seja a maior bancada da Assembleia Legislativa do estado.

“Nós queremos que o partido seja ousado. Nossa missão é eleger um deputado federal por Roraima”, explica Jalser, que ainda completa: “Entendemos que a sigla precisa de parlamentares federais, para que tenham condições de ajudar os diretórios estaduais e municipais. Assim poderemos ampliar as condições do partido em composições políticas que sejam favoráveis aos estados”.

O Solidariedade já tem filiados em todos os municípios de Roraima e contará com pelo menos um candidato a prefeito, vice ou vereador em todas as cidades do estado. “Sem dúvida nenhuma, a partir de coligações que estamos construindo, vitórias serão concretizadas”, afirmou o presidente estadual.

Uma bandeira forte que o deputado Jalser acredita que precisa ser reforçada no partido em Roraima são as questões trabalhistas. “O Solidariedade enquadrou a PEC 199 (Proposta de Emenda à Constituição), que visa a integração dos servidores públicos entre estado e União”, descreveu o presidente e reforçou: “Com isso, eu criei uma comissão dentro da Assembleia Legislativa, que montou uma frente partidária e agregou outros partidos também. Esse processo é importante para o enquadramento dos servidores que foram excluídos do ex-território e que até hoje não foram integrados à União”.

Nacionalmente, o deputado estadual acredita que foi muito positivo para o Brasil, o Solidariedade ter assumido a Secretaria de Desenvolvimento Agrário. “Nós temos homens com profundo compromisso e conhecimento sobre a questão. O desenvolvimento agrário da região Norte enfrenta dificuldades documentais, que agora devem ser sanadas”, explicou Jalser.

O presidente estadual também contou: “Recentemente tivemos a visita do superintendente do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), Antônio Adesson Gomes dos Santos, que se comprometeu a defender a emancipação de quatro municípios de Roraima. Além disso, vamos recriar também os títulos do Projeto de Assentamento Nova Amazônia, que já está há 10 anos se alastrando”.

Apesar do pouco tempo de partido, Jalser defende as bandeiras do Solidariedade e celebra a articulação da legenda no processo de impeachment. “Houve uma união partidária e de forças voltadas para o crescimento do país. Foi uma ação maior do que a concepção do nosso presidente nacional. Não nos aproximamos de nenhum partido específico, nos juntamos aos milhões de brasileiros, que foram às ruas pedir justiça social”, afirmou o deputado.

Além disso, o presidente estadual de Roraima reforça a autonomia que possui para poder trabalhar o partido no estado e finaliza: “Nosso comandante, Paulinho da Força, é um homem extremamente preparado, de boas conversas e acima de tudo, de responsabilidade. Está preparado para assumir qualquer cargo público no cenário nacional”.

Por Talita Benegra