Solidariedade indicará os deputados Paulinho e Arthur Maia para a Comissão do impeachment

O Solidariedade indicará os deputados Arthur Maia (BA) e Paulinho da Força (SP) para integrar a Comissão Especial que analisará o processo de impeachment. A informação foi dada nesta quinta-feira (3), durante coletiva de imprensa, no Salão Verde, da Câmara dos Deputados.

Em entrevista coletiva, Paulinho defendeu que os presidentes da Câmara e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), suspendam o recesso parlamentar do final do ano, para que a comissão especial que analisará o processo de afastamento de Dilma possa trabalhar no período. Para ele, Renan e Cunha “têm obrigação de botar o Congresso para trabalhar” para ter um “Natal sem Dilma”.

Os outros partidos da oposição deverão anunciar, ainda hoje, quem serão os seus indicados. Ontem, logo após o anúncio de Cunha, os partidos se reuniram no gabinete da liderança do PSDB na Câmara dos Deputados para discutir o assunto. Hoje pela manhã, tiveram reunião com suas bancadas para a definição dos nomes.