Nota do Solidariedade

No âmbito de uma democracia, a escolha dos governantes deve ser feita por meio do voto livre. Em hipótese alguma, a prática de atos criminosos ou o emprego de violência pode ser vista como algo corriqueiro ou previsível, como forma de influenciar na votação. Desta forma, os atos cometidos, nesta quinta-feira (06), contra a integridade do presidenciável Jair Bolsonaro devem ser veementemente repudiados.

Nós, do SOLIDARIEDADE, repudiamos a agressão ao candidato do PSL ocorrida justamente na véspera do feriado em que se comemora a Independência do Brasil. Data esta que nos faz lembrar que todos temos uma mesma identidade, falamos a mesma língua, em suma, somos todos brasileiros.

Apesar dos acontecimentos, devemos pensar no Brasil como um todo. Portanto, o SOLIDARIEDADE está do lado do Brasil, de um país justo, democrático e fraterno. Somente assim poderemos atravessar o presente processo eleitoral de forma limpa.

Por fim, solidarizamos com todos os familiares, amigos e apoiadores do candidato Bolsonaro, desejando uma ótima e rápida recuperação.

 

Brasília, 06 de setembro de 2018

SOLIDARIEDADE NACIONAL