Módulo III tem apoio à campanha Outubro Rosa e muito aprendizado político

O último dia do módulo III do Lidera+ foi marcado pela conscientização de se prevenir contra o câncer de mama. Participantes, palestrantes e equipes de organização do Solidariedade e Fundação 1º de Maio vestiram rosa em alusão à campanha Outubro Rosa.

Durante o evento houve doações para a campanha Lenço Solidário, promovida pelo Solidariedade do Rio Grande do Norte. O objetivo foi arrecadar lenços para mulheres que perderam os cabelos na luta contra o câncer.

“É uma campanha simples, mas que faz toda a diferença para as pessoas que estão em tratamento contra o câncer. Esta é uma maneira de melhorar a autoestima feminina. Os lenços são alegres, coloridos, estilosos, e podem ser usados de várias maneiras, deixando a mulher mais bela e confiante”, explicou a secretária da Mulher do Solidariedade-RN, Luciana Bezerra.

Além da mobilização em prol da campanha, hoje foi um dia de muito aprendizado e de discursos. O espaço aberto na ‘Tribuna Livre’ possibilitou às nossas alunas a chance de falarem sobre os trabalhos políticos e sociais que realizam em suas cidades e, também, puderam demonstrar a insatisfação contra a falta de políticas públicas e até contra o machismo que impera no meio político em relação a presença feminina.

Domingo de Lidera+

Neste domingo (20), o Lidera+ finalizou o seu módulo III que teve como tema “Formação de Rede de Apoio”. O curso é promovido pela Secretaria Nacional da Mulher do Solidariedade e pela Fundação 1º de Maio, as participantes retornam em novembro para o penúltimo módulo do curso.

O vice-presidente nacional do Solidariedade, Jefferson Coriteac, afirmou que o curso já tem apresentado bons resultados. Ele citou a vitória de algumas das participantes do Lidera+ nas eleições para o Conselho Tutelar dos municípios.

“As mulheres que foram candidatas nas eleições para os conselhos tutelares colocaram em prática o que estão aprendendo no Lidera+. Isso demonstra que estamos no caminho certo e que todas as nossas participantes são capazes de fazerem parte da política, trabalhando pelo povo e melhorando a qualidade de vida dos brasileiros”, ressaltou Coriteac.

O vice-presidente da Fundação 1º de Maio, Sandoval Fernandes, também parabenizou as participantes que já começaram a trabalhar as estratégias que aprenderam no Lidera+. “É um orgulho ver a formação política já dando frutos. As participantes estão mais confiantes e aplicam as estratégias sem medo de errar, mas com vontade de acertar e de vencer”, reforça.

Palestras

No sábado (19), primeiro dia da terceira etapa do Lidera+, foram ministradas as seguintes palestras:

“Começou a sua campanha. Não tem mais volta!”, ministrada pelo vice-presidente nacional do Solidariedade, Jefferson Coriteac, e o secretário nacional da Pessoa com Deficiência, Paulo Pequeno.

O empreendedor social e vereador de Mogi das Cruzes, Caio Cunha, deu dicas importantes sobre “Como engajar pessoas para transformar o Brasil”. Já o coach em Comunicação e Marketing Digital, Anderson Alves, explicou sobre “A Nova Campanha Eleitoral de Sucesso”.

Os conteúdos para as redes sociais para atrair o público-alvo foram abordados pela coordenadora de Comunicação do Solidariedade, Edna Viana, que abordou o tema “Fundamentação da sua causa”. Ela também abordou o uso correto do WhatsAPP para quem pretende conquistar o eleitor, com o tema “Heróis ou Vilão”.

As aulas de sábado foram finalizadas com o especialista em marketing político digital, Rodrigo Gadelha, que explicou o caminho para converter as interações nas redes digitais em voto. A palestra “Do digital ao voto: marketing político”. Para complementar o assunto, ele também abordou sobre “Prática de marketing político digital”.

Programação do último dia

No domingo (20), o curso foi iniciado com a palestra do secretário nacional da Pessoa com Deficiência, Paulo Pequeno, que mostrou o “Mapa das mulheres eleitas”. Na ocasião, ele apresentou dados sobre a participação das mulheres na Câmara Legislativa, nas Assembleias, na Câmara dos Deputados e Senado.

Já as propostas programáticas do Solidariedade para mulheres foram abordadas pelo consultor da Fundação 1º de Maio, Diógenes Sandim. Logo depois, a advogada e consultora da Fundação 1° de Maio, Denise Neri, explicou sobre “Os atos administrativos em âmbito municipal”, dando dicas sobre legislação.

Para fechar o módulo III do Lidera+, o consultor da Fundação 1º de Maio, Claudio Prado, falou sobre o papel das representantes legislativas e gestoras públicas, por meio da palestra “O que é ser vereadora/prefeita”.

Clique para conferir as fotos