Dia Nacional da Luta Indígena: Possa ser comemorado com avanços e não retrocessos

O Dia Nacional da Luta dos Indígenas no Brasil é marcado pela falta de reconhecimento da sua importância no processo de colonização do país. Os índios são protagonistas de nossa história, mas, hoje, parte da sociedade não os reconhecem como habitantes de nossas terras há 519 anos.

Segundo dados do Censo IBGE 2010 existem cerca de 900 mil indígenas e a maior concentração de tribos se encontram na região do Norte país.

Ao longo dos anos sua condição de protagonista na construção da história do nosso país passaram a ser de margilizados pela sua forma natural e cultural de viver. Tal condição nos provocam inquietação pela forma a qual eles vem perdendo seus espaços.

Um dos maiores problemas enfrentados é com relação ao seu habitat, “as suas terras”, sendo invadidas cada dia mais, contribuindo que a cultura indígena desapareça da nossa história.

O que manifestamos aqui é que as autoridades responsáveis por essa política indígena nos atuais governos não mudem as características naturais dos povos indígenas. E que esse Dia Nacional da Luta do Povo Indígena seja comemorado com avanços e não retrocessos.

Por fim, manifestamos o apoio a toda população de Brumandinho/MG, em especial aos familiares que perderam seus entes e aos nossos indígenas da tribo pataxós hã-hã-hãe também atingidos nesses crimes ambientais.