Benjamin Maranhão defende intervenção federal em outros estados

O deputado federal Benjamin Maranhão (Solidariedade-PB) anunciou que votará favoravelmente ao Decreto de Intervenção Federal (9.288/18) no estado do Rio de Janeiro, assinado pelo presidente Michel Temer, e que irá a votação na Câmara na noite desta segunda-feira (19). O deputado defendeu ainda que o decreto seja estendido para outros estados, a exemplo da Paraíba.

“Eu não só vou votar a favor como defendo que essa medida também possa ser estendida para estados que não estão conseguindo aplicar políticas públicas eficientes no combate à violência e à criminalidade”, reforçou. “A Paraíba é um exemplo, defendo que se não uma intervenção, ao menos poderíamos contar com a participação das forças de segurança nacional em nosso território também”.

Benjamim lembrou a ousadia com que os criminosos vêm agindo na Paraíba. Para ele, certos da impunidade, eles têm frequentemente cometido assaltos a grandes redes de supermercados e até a shoppings, além das explosões a banco. Sé este ano, segundo o Mapa da Violência contra bancos, organizado pelo Sindicato dos Bancários, já foram registrados 13 episódios no Estado. “Se a polícia não está dando conta, que se chamem as forças armadas”, sentenciou.

Votação – A votação do Decreto de Intervenção de número 9.288/18 acontece no Plenário da Câmara dos Deputados às 19h desta segunda (19). Será o único item da pauta. Esse será o primeiro do tipo a ser analisado pela Casa na vigência da atual Constituição, que é de 1988.

Pelo texto constitucional, o presidente da República tem 24 horas para submeter o decreto de intervenção ao Congresso Nacional, que realiza o controle político do ato. Uma vez que ele tenha chegado à Câmara no prazo, cabe à Casa definir o calendário de votação. Em seguida, o texto vai para o Senado.