Trabalho sem carteira assinada e ‘por conta própria’ superam pela 1ª vez emprego formal em 2017, aponta IBGE – G1

O número de pessoas que trabalham por conta própria ou em vagas sem carteira assinada superou o daqueles que têm um emprego formal pela primeira vez em 2017. É o que mostra levantamento do G1 com base em dados divulgados nesta quarta-feira (31) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Desde o trimestre encerrado em julho de 2017, o contingente dos sem carteira e por conta própria supera o dos celetistas no Brasil, apontam os dados do IBGE. Desde então, a diferença só cresce.

O quarto trimestre de 2017 se encerrou com 34,31 milhões de pessoas trabalhando por conta própria ou sem carteira, contra 33,321 ocupados em vagas formais. Em 2016, cerca de 34 milhões trabalhavam sob o regime de CLT no mesmo período, contra 32,6 milhões ocupados em vagas sem carteira assinada ou como autônomos.

Continue lendo