Sete em cada dez brasileiros não sabem quanto pagam de impostos – R7

Sete em cada dez brasileiros (74%) não sabem quanto pagam de impostos, segundo pesquisa da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) divulgada nesta terça-feira (28).

Apenas 26% dos entrevistados afirmam que procuram se informar sobre quanto pagam de impostos ao adquirir um produto ou serviço.

Para estimular a consciência sobre o tema, o CNDL e CDL Jovem promovem o “Dia Livre de Impostos” nesta quinta-feira (30).

O evento acontecerá pela 13ª vez em 18 estados e no Distrito Federal. Expectativa é de que 10 mil estabelecimentos e 45 shoppings entrem na campanha. Lojistas devem oferecer produtos até 70% mais baratos, sem repassar os impostos ao consumidor final.

Desde 2013 os estabelecimentos comerciais são obrigados a informar o valor de impostos cobrado por produtos e serviços.

Desconhecimento de empresários

Ter dúvidas sobre o valor que paga de impostos não é exclusividade do consumidor final. Apenas 22% dos micro e pequenos empresários sabem o percentual de impostos que pagam nas transações comerciais.

O levantamento mostra que 32% sabem dizer um valor aproximado, enquanto 41% não souberam responder.

Para o coordenador nacional da CDL Jovem, Lucas Pitta, a complexidade do sistema tributário confunde os brasileiros. “O sistema tributário brasileiro é um dos mais complexos do mundo e uma reforma do modelo de taxação é importante para simplificar esse quadro para os empresários, algo que também melhoraria a vida dos consumidores”, explica Pitta.

Em cada dez micro e pequenos empresários que atuam nos ramos do comércio e serviços, nove (90%) consideram o sistema tributário brasileiro injusto. Exemplo dessa insatisfação é que 65% consideram importante que haja uma reforma tributária no país.

Os consumidores (95%) também consideram que o sistema deveria ser mais transparente.

Metodologia da pesquisa 

O levantamento ouviu 800 consumidores e 818 empresários. A margem de erro é de 4 pontos percentuais a 95%.

Continue lendo