Exonerados, ministros passam a ficar sob investigação do juiz Moro – Folha de S.Paulo

Com o afastamento de Dilma Rousseff e a consequente exoneração de seus colabores, cinco ex-ministros sob investigação na Lava Jato podem ser investigados e processados na Justiça Federal de Curitiba, sob os cuidados de Sérgio Moro.

A hipótese, porém, pode não se confirmar caso o ministro relator do STF dos casos relativos à Lava Jato, Teori Zavascki, decida que eles podem continuar sendo investigados no STF porque estariam relacionados a fatos investigados no tribunal.

Continue lendo