Critérios diferentes de notificação distorcem mapa da microcefalia no país – UOL

Foto: Carla Ornelas/GOVBA

Já se passaram mais de 40 dias da mudança no critério de notificação de microcefalia pelo Ministério da Saúde – que passou de 33 para 32 cm, para seguir uma determinação internacional. Apesar disso, os dados oficiais dos Estados seguem critérios diferentes. Não existe um parâmetro de contabilização dos casos, e assim o mapa apresentado pelo Ministério da Saúde tem distorções –cerca de 1.000 notificações ainda inclusas como suspeita são de casos com perímetro cefálico superior à nova determinação. Vale lembrar que o último boletim divulgou 3.530 casos de microcefalia suspeitos de ter relação com o zika vírus.

Continue lendo