Contratados recebem 87,7% do que ganhavam os antecessores, diz Dieese – Folha de S.Paulo

A recessão afeta o bolso do trabalhador em 2015 e deve aprofundar ainda mais o achatamento salarial que já existe no mercado de trabalho.

Quem entrou para trabalhar em uma empresa com carteira assinada recebeu em outubro, em média, 87,7% do salário pago a um trabalhador demitido, segundo dados compilados pelo Dieese para a Folha.

Continue lendo