Brasil cai para 7º entre os países com maior juro real do mundo – R7

A manutenção da taxa de juros básica da economia brasileira, a taxa Selic, em 6,5% ao ano pela sétima vez seguida, fez com que o Brasil caísse uma posição no ranking mundial de juros reais, segundo levantamento feito pelo site MoneYou em parceria com a Infinity Asset Management. Durante muito tempo, o país liderou o ranking com a maior taxa de juros real do mundo, afirma o economista-chefe da Infinity, Jason Vieira.

Em dezembro, data da penúltima reunião do Copom, o país ocupava a sexta posição, na frente da Índia.

Juros reais são o valor da taxa descontada a inflação para o período — no caso, de 12 meses). O ranking considera as 40 principais economias do mundo.

Continue lendo