Após 4 meses, redução dos salários de Dilma e do vice ainda são promessa – Política Estadão

A presidente Dilma Rousseff aproveitou a Reforma Ministerial, em outubro, para anunciar que reduziria seu próprio salário e o de todos os ministros em 10%. Passados 4 meses, no entanto, a promessa ainda não foi cumprida e a presidente, o vice Michel Temer e os 31 ministros continuam recebendo um salário de R$ 30.934,70. Os motivos para o atraso vão desde a falta de emprenho do governo em aproveitar a medida até os longos trâmites que as propostas precisam atravessar no Legislativo.

Continue lendo